DISPONIBILIDADE DE FÓSFORO NO SOLO E EFICIÊNCIA AGRONÔMICA COM A APLICAÇÃO DO FOSFATO MAGNESIANO

 

  • A aplicação do Multifos em pó, em solo de textura média, proporcionou aumento do teor de P-Mehlich maior do que o Superfosfato triplo, dos 15 aos 210 dias após a aplicação (daa). Observa-se que o pico da disponibilidade ocorreu aos 75 aos 90 daa.

 

  • Usando o extrator Resina o teor de P no solo com o tratamento Multifos em pó foi maior que o Superfosfato triplo a partir dos 100 daa, mantendo-se até os 210 daa. A liberação gradual permite que o teor de P se mantenha o mesmo dos 15 aos 210 daa.

 

Figura 1. A. Teor de P (Mehlich 1) e B (Resina) em Latossolo Amarelo de textura média em função dos tratamentos e dias após a aplicação (incorporado no solo) de Multifós e Superfosfato triplo, ambos em pó. (UNESP - Câmpus Experimental de Registro /GEBAN Registro, SP, 2010/2011).

 

Obs.: pensando em adubação do sistema de produção, e não somente de uma cultura, o Multifos pode ser alternativa interessante por proporcionar uma disponibilização mais gradual do P, durante o ano.

Outras páginas do GEBAN: